domingo, 22 de agosto de 2010

JESUS É A MINHA FORÇA!

“E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte. Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então,Ele me disse:a minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade,pois, me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de cristo. Porque, quando sou fraco é que sou forte.”
( II Coríntios 12: 7-10)

Sabe aqueles dias em que acordamos nos sentimos pó, igual a Jó, como diz a música? Fraquiiiinhooo?!...Um dia acordei assim e, ainda, ousei dizer ao Senhor: “meu Deus eu estou fraca, não tenho mais força.” Ele, lá do seu alto e sublime trono, olhou p mim e disse (estou conjecturando!rs): “espera aí filha que eu vou te ensinar que a força não está e nem vem de ti, mas em mim.”
Amados, em 30 minutos, meu telefone tocou; era uma amiga que me fez um convite-intimação(hehe) para que eu levasse uma palavra no 1°culto de jovens da sua igreja e que o pregador que ela havia convidado não poderia mais ir.Detalhe: eram 15h e o culto começava às 18h; ah! e não pára por aí...o culto tinha tema e adivinhem qual era????? Esse aí mesmo que você está pensando: JESUS É A MINHA FORÇA! Quase caio...pensei: Jesus brincadeira, né?!Como eu que acabei de te dizer que estou fraca vou falar em força?!Como?
Despedi-me às pressas de uma grande amiga no MSN e disse a ela o que tinha acabado de acontecer e ela sabiamente, direcionada por Deus, me disse: Jacquelina, lembra-se das palavras de Paulo: quando sou fraco é que sou forte?
Daí, abri a minha Bíblia na passagem relatada acima e Deus trabalhou no meu coração e deu-me o seguinte entendimento.

Havia uma luta travada na vida do apóstolo Paulo: o espinho na carne. Não se sabe ao certo o que era esse espinho.Podia ser doença, cegueira parcial ou malária ou eplepsia ou,ainda, algo de natureza espiritual como uma tentação ou perseguição de Satanás.O fato é que o espinho existia e incomodava Paulo a ponto de levá-lo a pedir(orar!) ao Senhor que o afastasse dele.
Pensam que Deus o livrou desse infortúnio??? Nãããoooo!!! O Senhor disse a Paulo: a minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza (II Co 12.9).Se fosse eu, tinha esperniado..rsrsr...Mas, Paulo entendeu e disse:... quando sou fraco é que eu sou forte.! Nesse momento, se instala um paradoxo na minha cabeça: fraco X forte.Como pode, eu sem ter força, me sentir forte?(meus pensamentos, claro!rsrs).
Encontrei a resposta da minha dúvida ao perceber que Paulo começa a trilhar um caminho de força na sua vida.Porém, não era uma trilha onde ele, para ficar forte, teria que fazer dieta de engorda e / ou fazer musculação, tomar vitaminas e fortificantes ou fazer qualquer outro esporte.O caminho de força que o Senhor estava preparando para o apóstolo chamava-se dependência. Opa, opa! Veio de novo a questão do paradoxo: “Como?eu não entendi. Forte e dependente? Como assim? Os fortes costumam ser independentes; depender de quê ou de quem se eles têm a força?
Deus por seu infinito amor e paciência (hehehe),explicou-me. A fraqueza era de Paulo,era minha naquele dia ou é vossa hoje; mas a força e o poder são de Deus. Por isso, Paulo abre a sua boca e diz: De boa vontade, pois, me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo(II Co 12.9b).
Amados, somos fortes não confiando em cavalos, em nosso intelecto, no dinheiro, na beleza, na força muscular ou em outro homem...somos fortes amparados na graça de Deus e na força do Seu poder!!!!ALELUIA!Graças a Deus que me fez entender isso.
O espinho na sua carne pode ser a doença, a solidão, o desemprego, a depressão, o pânico, a amargura, as tentações ou as obras da carne (ter caído em algum pecado).No entanto, pare de lutar consigo mesmo e busque o Senhor (enquanto se pode achar). Aprenda a depender Dele e compreenda que somente Nele somos fortes. Porque Deus continua dando graça e misericórdia e está sempre disponível a levantar o fraco e caído.
Então, quando Deus estender a sua mão para te levantar, levante dizendo: “ quando eu sou fraco é que eu sou forte.”